Terça, 21 Novembro 2017

Estudo da CNT mostra queda na qualidade das rodovias mineiras

Publicado em Geral Segunda, 13 Novembro 2017 07:48
Avalie este item
(0 votos)

Pesquisa divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes – CNT –, nesta terça-feira, 07, mostrou que a qualidade das rodovias federais e estaduais que cortam Minas Gerais piorou. De acordo com o estudo, o percentual de estradas apontadas como em condições ótimas caiu de 7,6% para 4%, na comparação entre o levantamento de 2016 e o de 2017. 

Para a realização desse trabalho, foram avaliados 10.526 quilômetros da malha rodoviária. Do total, 70% receberam a classificação de regular, ruim ou péssimo, sendo levadas em consideração o pavimento, sinalização e geometria. O resultado da má conservação das vias é o aumento dos custos logísticos e uma grande quantidade de acidentes, que, em todo o Brasil, consumiram cerca de R$ 10,88 bilhões no ano passado, além, é claro, das muitas vidas perdidas. 

"A queda na qualidade das rodovias brasileiras tem relação direta com um histórico de baixos investimentos em infraestrutura e com a crise econômica", disse o presidente da CNT, Clésio Andrade. Dados compilados pela entidade apontam que, em 2016, foram aplicados no setor R$ 8,61 bilhões. O montante vem caindo desde 2011, quando chegou a R$ 11,21 bi, conforme os dados apresentados pela instituição. 

Lido 30 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE