Quarta, 19 Setembro 2018

Prêmio incentiva cotas para pessoas com deficiências nas empresas da RMBH

Publicado em Geral Terça, 27 Março 2018 17:44
Avalie este item
(0 votos)

O governo de Minas Gerais lançou o prêmio Empresa Inclusiva, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social – Sedese, para valorizar as organizações que favorecem a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A proposta visa estimular o cumprimento das cotas previstas em lei federal e voltadas a esse público.

O Estado quer identificar, reconhecer e premiar os empresários que desenvolveram políticas e práticas para o ingresso dos portadores de deficiências no organizacional, valorizando as iniciativas de inserção. O projeto prevê ainda o mapeamento, divulgação, incentivo às boas práticas e melhorias nos processos de gestão.

A premiação foi dividida em três categorias: empreendedor individual com deficiência; pequenas e médias empresas, destinada àquelas que possuem até 99 funcionários; e grandes, que são as com mais de 100 colaboradores.

 

Inscrições

 

O foco do concurso são as organizações com CNPJ nas cidades de Belo Horizonte, Região Metropolitana e no Colar Metropolitano. Empresas e empreendedores do interior também poderão participar, mas deverão enviar correspondência para o endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., informando o interesse.

As inscrições serão realizadas até o dia 05 de abril, na página da Sedese. No site, deverá ser preenchido um formulário com dados cadastrais e outras informações sobre os responsáveis pela empresa e ainda a relação e contato dos funcionários com deficiências. Ao se cadastrarem, os concorrentes possibilitarão a criação de um banco de dados, cujas informações serão disseminadas e veiculadas, para incentivo às boas práticas de inclusão produtiva.

 

Avaliação

 

As participantes passarão por uma comissão julgadora, que observará a existência e o alcance de práticas de inclusão a partir da gestão estratégica e de recursos humanos, estrutura de carreira e acessibilidade. Ao final da seleção, serão escolhidas cinco práticas, projetos e políticas de inclusão de cada uma das categorias.

As três melhores receberão um certificado, comprovando a contribuição para inclusão da pessoa com deficiência e para o desenvolvimento social. A divulgação do resultado está marcada para dia 20 de junho, pelo site na Sedese, data também da premiação. As cinco primeiras colocadas em cada categoria terão o relato publicado e as três práticas premiadas serão apresentadas em evento público promovido pelo Estado.

 

Lido 333 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE