Quarta, 18 Julho 2018

Procon classifica seguros de celulares como “ciladas”

Publicado em Geral Segunda, 25 Junho 2018 14:25
Avalie este item
(0 votos)

Os seguros de celulares foram alvo de manifestação do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – Procon/ALMG, nesta semana. O órgão apontou que alguns contratos vendidos pelas operadoras protegem os clientes apenas do furto qualificado, no qual há destruição ou rompimento de obstáculo, como no arrombamento de um veículo. De acordo com o Procon/ALMG, o serviço, oferecido como uma medida de segurança, acaba se tornando uma verdadeira “cilada”.

Outra situação de alerta é quanto à alegação de falta de cuidados com o aparelho. Caso constatado que não foram usados todos os meios comprovadamente ao alcance para evitar os prejuízos cobertos, durante ou após a ocorrência de qualquer sinistro, a pessoa perde o direito à indenização.

A recomendação é de atenção a todas as cláusulas do contrato proposto. Com base no artigo 66 do Código de Defesa do Consumidor, o cidadão enganado pode acionar o Procon. O texto menciona infração penal de três meses a um ano e multa para quem “fazer afirmação falsa ou enganosa, ou omitir informação relevante sobre a natureza, característica, qualidade, quantidade, segurança, desempenho, durabilidade, preço ou garant

Lido 63 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE