Sexta, 17 Agosto 2018

Juatuba e Mateus Leme ganham mais de três mil novos eleitores em quatro anos

Publicado em Geral Segunda, 06 Agosto 2018 14:20
Avalie este item
(0 votos)

Maioria das pessoas consideradas aptas a votar é do sexo feminino e tem baixa escolaridade

Dados do Tribunal Superior Eleitoral - TSE -, apurados nesta semana pela reportagem, apontam que em Mateus Leme, 26,78% do eleitorado já realizou o cadastramento biométrico. A tecnologia foi implementada com o objetivo de garantir mais segurança no momento da votação.

Ainda de acordo com os números apresentados pelo órgão, a cidade conta hoje com 25.039 pessoas aptas para ir às urnas, em outubro. Dessas, 6.705 já serão reconhecidas por meio das impressões digitais, no próximo pleito. Acoplado à urna eletrônica, o leitor confirma a identidade de cada um, a partir de informações armazenadas pela Justiça Eleitoral e transferidas para o equipamento. Dessa forma, é possível evitar que alguém vote usando o documento de outro.

 Segundo o TSE, de 2014 para cá, Mateus Leme ganhou mais 3.120 eleitores. As estatísticas mostram ainda o perfil do eleitorado, composto, majoritariamente, pelas mulheres (50,8%). A maior parte é solteira (59,7%) e 32,7% são casados. Pelo cruzamento de dados feito pelo TSE, apenas 1.012 (4,04%) possuem formação superior; 32,79% não concluíram o nível fundamental; 22,21% não terminaram o ensino médio e 5,18% são analfabetos.

A maioria tem entre 25 e 39 anos. A cidade conta com 173 votantes com idades entre 90 e 99 e oito com um século de vida ou mais. Além disso, 70 adolescentes com 16 e 176 com 17 anos poderão votar pela primeira vez em 2018. No município, estão registrados 64 sufragistas deficientes, dos quais, 40 com dificuldades de locomoção, sete, visuais, e dois, auditivas.

Juatuba

Em Juatuba, o cadastramento biométrico foi feito por apenas 2.708 pessoas, o que equivale a 12,91% do total de cidadãos aptos a votar, 20.981. De 2014 até 2018, a cidade ganhou mais 3.203 eleitores, pouco mais que Mateus Leme. No município, a maior parte do eleitorado também é composta pelo sexo feminino e predominam os solteiros (59,3%), enquanto 33,7% são casados.

 O número de votantes com nível superior é menor do que o de Mateus Leme, apenas 810 (3,86%). Do total, 31,75% não concluíram o nível fundamental; 25,76% não terminaram o ensino médio e 4,93% são analfabetos.

 A maior parte do eleitorado de Juatuba também tem entre 25 e 39 anos. Poderão votar pela primeira vez 47 adolescentes de 16 e 124 de 17 anos. Os eleitores mais velhos possuem, assim como em Mateus Leme, um século de vida ou mais e são três, o que representa 0,01%. Com idades entre 90 e 99 há 98 pessoas. Deverão votar 54 cidadãos deficientes. Desses, 32 com dificuldades de locomoção, 12, com deficiências visuais, e sete, auditivas.

Lido 20 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE