Quinta, 14 Dezembro 2017

Indústria mineira gasta mais devido ao aumento da criminalidade

Publicado em Economia Segunda, 27 Novembro 2017 07:58
Avalie este item
(0 votos)

Quatro em cada dez empresas de Minas Gerais tiveram prejuízos com roubos, furtos ou algum ato de vandalismo em 2016. A constatação é de pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – Fiemg -, de acordo com a qual, o aumento da criminalidade reduziu investimentos e ampliou os custos com segurança, repassados ao consumidor final. O levantamento envolveu 202 empreendedores e dos entrevistados, 37% relataram que os negócios ficaram abalados no ano passado, com a violência. Os grandes empreendimentos fôramos mais atingidos com a ação dos bandidos, contabilizando 41% dos casos. Entre os médios, o número ficou em 27%, enquanto nos pequenos, 38%. 

De forma geral, os atos violentos representaram o equivalente a 0,2% do faturamento da indústria mineira em 2016. Em todo o Brasil, o índice chegou a 0,19%, o que representa R$ 5,8 bilhões. Em Minas Gerais, o montante não foi quantificado. Além do prejuízo provocado diretamente, os gastos para coibir os bandidos e os seguros responderam, em média, por 0,35% e 0,38% do faturamento, respectivamente. 

 

Lido 28 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE