Quarta, 18 Julho 2018

Megaoperação da PM desmantela esquema de tráfico de armas e drogas com ramificação em Mateus Leme

Publicado em Policial Terça, 19 Junho 2018 13:35
Avalie este item
(0 votos)

Uma operação conjunta da Polícia Militar culminou na apreensão de muitas drogas e armamento “pesado”, em Pirapora, no Norte de Minas Gerais, e várias cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte - RMBH. Uma delas, O.S.J., de 52 anos, de Mateus Leme, que integrava a rota de distribuição. Ele é apontado como fornecedor dos entorpecentes. Durante as buscas na casa do homem, a PM encontrou 249 tabletes de maconha, um revólver calibre 32, seis detonadores, 110 gramas de explosivos e vários outros materiais. De acordo com a corporação, havia contra o indivíduo um mandado de prisão expedido pela Justiça do Rio de Janeiro. A equipe prendeu ainda P.H.S.O., 19, suposto funcionário de O.S.J., que é acusado de comandar o esquema.

A “caça” aos traficantes começou em Contagem, devido às denúncias de que dois elementos, M.S.O., 35, e V.B.E., 23, guardavam uma grande quantidade de tóxicos no bairro Sapucaia. Com eles, foram localizados R$ 7 mil, seis barras de maconha, uma pistola .380 e nove munições. Um dos elementos, M.S.O., assumiu que comprava os produtos para revender. Sobre a arma, o elemento contou que adquiriu de W.F.L., 36, no Jardim Teresópolis, em Betim. No mesmo local, os policiais apreenderam dois revólveres .38, uma pistola 765, e 14 munições .45, de uso exclusivo das forças de segurança. O mais jovem, V.B.E., tem passagens por formação de quadrilha e furto.

A PM descobriu que os tóxicos foram trazidos por O.S.J. do Paraguai para Pirapora. As drogas seriam distribuídas na capital e municípios no entorno, no Centro-Oeste, Rio de Janeiro, São Paulo e Mato Grosso do Sul. No Norte do estado, as equipes responsáveis pela operação localizaram o carregamento de 2,5 toneladas de maconha

Lido 93 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE