Quarta, 18 Outubro 2017

TSE rejeita recurso de Wellington “Batata”

Publicado em Política Segunda, 17 Abril 2017 13:56
Avalie este item
(0 votos)

O ex-vereador de Mateus Leme, Wellington Francisco de Moura, mais conhecido como “Batata”, segue na luta para tentar reverter a impugnação da candidatura dele à reeleição no último pleito. Mas, não teve sucesso com o recurso impetrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral – TSE -, que negou provimento ao agravo regimental apresentado pela defesa do político, conforme publicação oficial do órgão. Informações obtidas pela reportagem são de que “Batata” ingressou com embargos declaratórios. Caso esses não sejam aceitos também, restará a ele recurso ao Supremo Tribunal Federal – STF. 

O registro de candidatura foi indeferido por intervenção do Ministério Público. O político cumpriu pena por condenação criminal até 22 de junho de 2010, sendo enquadrado na “Lei da Ficha Limpa”. As argumentações da Promotoria, acatadas pelo poder Judiciário, são que de acordo com a legislação, são inelegíveis, para qualquer cargo, os que forem condenados, desde a sentença até o transcurso do prazo de oito anos após o cumprimento da mesma. O parlamentar foi sentenciado por crime capitulado no artigo 121 do Código Penal, transitado em julgado em 1º de setembro de 2003.  “Batata”  teve 260 votos na coligação PTB/PSD.

Lido 333 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE