Quarta, 24 Janeiro 2018

Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social inicia trabalho para prevenção ao uso de drogas em Juatuba

Publicado em Saúde Segunda, 20 Novembro 2017 07:51
Avalie este item
(0 votos)

À frente da recém-criada Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social de Juatuba, Alexandre Antônio Diniz Avelar já começou os trabalhos e estuda ações para o combate à criminalidade na cidade. O sargento Avelar (PPS), como é mais conhecido, foi o terceiro vereador mais bem votado nas eleições de 2016. Entretanto, se licenciou da cadeira no Legislativo, para aceitar o convite da prefeita Valéria Aparecida dos Santos (PMDB). O suplente da coligação PPS/PT/DEM/PC do B, Messias Leão, também pepeessista, tomou posse na semana passada. 

Avelar assumiu o cargo, oficialmente, em 1º de novembro, mas a nova secretaria ainda não tem sede. Apesar disso, o gestor disse, em entrevista ao JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME, que as atividades já estão “a todo vapor”. Durante a conversa, ele abordou alguns projetos e a forma como pretende atuar no novo posto. 

“Enquanto aguardamos a liberação do imóvel que vai abrigar a estrutura, estamos fazendo o planejamento. A ideia é unir esforços junto à Coordenadoria Anti-Drogas, para que possamos acompanhar pessoas em vulnerabilidade e em situação de rua, para encaminhamento aos serviços oferecidos no município. Queremos fortalecer a rede socioassistencial. E vamos trabalhar na prevenção ao uso de álcool e tabaco, inicialmente, e depois realizaremos um estudo sobre os produtos ilícitos, para ajudar principalmente aos adolescentes”, comentou.

De acordo com o sargento Avelar, serão firmadas parcerias também com a Polícia Militar. “Ficaremos com a parte preventiva, enquanto a corporação continua na repressão aos crimes. Não pretendemos interferir nessas questões. Mas, buscaremos meios para ampliar as condições da PM em Juatuba e, conseqüentemente, ajudar a aumentar o policiamento ostensivo”, disse.

Sobre a proposta de transformar os vigias da Prefeitura em guardas patrimoniais, Avelar afirmou que a medida, caso concretizada, abrirá possibilidades de progressão de carreira para esses servidores, com salários melhores. “Temos uma reunião agendada para 06 de dezembro. Então, analisaremos as vantagens e os custos para colocar esse projeto em prática”, explicou. 

 

Mudanças 

Para instituir a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, a administração extinguiu a pasta de Assuntos Especiais, da qual era titular a sindicalista Calmelícia Antônia, nomeada para a Ouvidora. A escolha de Avelar para titular, de acordo com o Executivo, foi principalmente pela experiência que contabilizou na área, após anos como integrante da Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG.

Conforme informações do governo municipal, além de propor e conduzir a política de defesa social em Juatuba, com ênfase na prevenção à violência e no combate às drogas, a partir do desenvolvimento de programas voltados à comunidade, a nova secretaria terá ainda a função de assessorar a prefeita e os demais gestores no planejamento e coordenação das ações, na articulação junto às instâncias estadual e federal, além da mobilização da sociedade civil organizada.

Também está prevista a efetivação do Núcleo de Inteligência e Tecnologia; além da vigilância dos logradouros públicos e o acompanhamento dos contratos de empresas prestadoras de serviços no segmento. A efetivação da pasta será ainda, segundo a administração, um mecanismo legal de captação de recursos na Defesa Civil e municipalização do trânsito, além da fiscalização e monitoramento do transporte coletivo. O órgão vai funcionar em imóvel anexo ao quartel da PM. A estrutura conta com três coordenadores de áreas.

 

Lido 73 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE