Segunda, 23 Abril 2018

Entre os dias 13 e 15 de março deste ano, será realizada a 16ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia - Febrace. A mostra reunirá, em São Paulo, estudantes de todo o país, que terão a oportunidade de apresentar os trabalhos de pesquisa científica desenvolvidos nas instituições de ensino. Entre os 27 projetos de alunos de unidades educacionais mineiras, 12 são de jovens pesquisadores matriculados na rede mantida pelo Estado. Dois deles, de Mateus Leme, da Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro, que mais uma vez se destacaram no segmento e conseguiram as credenciais para o mais importante evento do gênero no país. 

De acordo com os organizadores, o Comitê de Seleção considerou diversos fatores para a escolha, incluindo: submissões completas e de acordo com as regras da Febrace; avaliações e recomendações dos pré-avaliadores; distribuição demográfica dos estudantes de ensino básico no Brasil e proporção.  Para ampliar a abrangência de participação, foi determinada uma quantidade máxima de finalistas que podem ser selecionados por instituição de ensino.

Promovida pelo Laboratório de Sistemas Integráveis da Escola Politécnica - LSI-EP -, da Universidade de São Paulo – USP -, a mostra objetiva estimular novas vocações em Ciências e Engenharia por meio do desenvolvimento de projetos criativos e inovadores, aproximar as escolas públicas e privadas das universidades e criar uma oportunidade para jovens entrarem em contato com diferentes culturas e cientistas.

A Escola Domingos Justino levará à feira o projeto “A Batata Milagrosa: Estudo das Propriedades Medicinais e Características Botânicas”, desenvolvido por Lohana Stephany Tomaz Silva, Lorena Keroliny Tomaz Silva, com orientação de Fabíola Cristina Fonseca. Outra pesquisa feita na instituição e que será apresentada em São Paulo é “Caracterização Fitoquímica dos Tubérculos da Planta Inhame”, de Alex Rodrigues de Araújo, Gabriel França da Silva e Pedro Lucas Nogueira Oliveira, que também foram orientados pela   professora Fabíola. 

 

Minas na Febrace 

 

Chegando à 16ª edição, a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia – Febrace -, maior evento do gênero no país, já premiou trabalhos científicos desenvolvidos por diversos estudantes mineiros, de diferentes instituições de ensino do estado. Em 2017, do total de 346 projetos selecionados, Minas Gerais concorreu com quatro pesquisas, e conquistou destaque com “Estudo das Propriedades Medicinais da Planta Barbatimão (Stryphnodendron adstringens)”, iniciativa também de alunos da Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro, em Mateus Leme. 

 

A Mineração Usiminas - Musa – vendeu 800 mil toneladas de minério de ferro, em dezembro de 2017. Esse foi o maior volume comercializado em um único mês, desde o início das operações, em 2010. O recorde, anterior era de 744 mil t., desde outubro de 2013.

O resultado é decorrente da retomada de duas plantas paralisadas, em função dos baixos preços no minério no mercado internacional, registrados entre 2015 e 2016. A Musa voltou a operar as Instalações de Tratamento de Minério Flotação e Mina Leste, localizadas na região de Serra Azul, em Itatiaiuçu, no início do segundo semestre do ano passado. Ambas foram responsáveis pelo aumento de 25% a produção anual da empresa, no comparativo entre 2016 e 2017, e geraram cerca de 400 postos permanentes de trabalho. Durante 2017, a média mensal de vendas foi de cerca de 300 mil toneladas. 

O grupo ficou aproximadamente 18 meses sem vender para o exterior, retomando o comércio internacional somente em setembro de 2017.  A empresa continua com planos para manter as exportações em 2018. De acordo com o diretor-executivo Wilfred Bruijn, é esperada uma produção maior, tendo em vista que as instalações de tratamento Flotação e Mina Leste estarão em operação ao longo de todo o ano. 

 

O Município de Mateus Leme irá aplicar medidas punitivas proprietários de imóveis onde são encontrados focos do mosquito Aedes aegypti. A medida passará a valer na segunda-feira, 22, de acordo com informações da Secretaria de Saúde. Os valores das multas variam de R$ 100 a R$ 500, conforme a situação encontrada. 

Na lei, as sanções são classificadas em leves, graves e gravíssimas. “E isso será mensurado de acordo com o tipo de criadouro localizado e se o dono ou morador é reincidente", destaca a coordenadora do setor de Epidemiologia, Ana Carolina Diniz.

A Secretaria de Saúde já estava finalizando, nesta quinta-feira, 18, o processo de logística para iniciar as notificações aos responsáveis pelos locais que contenham focos do Aedes aegypti. "As autuações ficarão a cargo do setor de Zoonoses. A expectativa é que tudo fique pronto para ser executado na próxima semana", destaca Ana Carolina. 

 

A Policlínica de Juatuba ganhou novos equipamentos para garantia de melhores condições ao atendimento aos usuários da rede pública. A Prefeitura adquiriu, com recursos próprios, três aspiradores de secreções, um cardioversor e um monitor cardíaco.  A unidade recebe por dia mais de 200 pacientes e, para a gerente do serviço, Vanessa Elizabeth dos Santos, os aparelhos chegaram numa boa hora. “Os antigos já estavam bastante defasados e não conseguiam mais dar suporte à demanda”, comenta. 

Em setembro de 2017, o Município conseguiu incluir a Policlínica na grade de urgência e emergência. A Prefeitura apresentou junto ao Estado um projeto para habilitação como Unidade de Pronto Atendimento – UPA -, “tipo ampliada”. A proposta está em fase de análise e aguarda aprovação do Ministério da Saúde. 

Concretizando a certificação, a administração pretende garantir o cofinanciamento do serviço, que custa aos cofres de Juatuba o valor aproximado de R$ 500 mil por mês, possibilitando  economia. “A partir desse licenciamento, será possível obter recursos para a manutenção da unidade e o montante gasto hoje poderá ser reinvestido em novas ações” afirma a secretária de Saúde, Cinthya Pedrosa.  

A gestora esclarece também que não houve interessados na licitação para aquisição do respirador portátil e a bomba de infusão do pregão presencial 044/2017 e processo administrativo 136/2017. Com isso, a Prefeitura já organiza outros certames.  

 

A Policlínica de Juatuba ganhou novos equipamentos para garantia de melhores condições ao atendimento aos usuários da rede pública. A Prefeitura adquiriu, com recursos próprios, três aspiradores de secreções, um cardioversor e um monitor cardíaco.  A unidade recebe por dia mais de 200 pacientes e, para a gerente do serviço, Vanessa Elizabeth dos Santos, os aparelhos chegaram numa boa hora. “Os antigos já estavam bastante defasados e não conseguiam mais dar suporte à demanda”, comenta. 

Em setembro de 2017, o Município conseguiu incluir a Policlínica na grade de urgência e emergência. A Prefeitura apresentou junto ao Estado um projeto para habilitação como Unidade de Pronto Atendimento – UPA -, “tipo ampliada”. A proposta está em fase de análise e aguarda aprovação do Ministério da Saúde. 

Concretizando a certificação, a administração pretende garantir o cofinanciamento do serviço, que custa aos cofres de Juatuba o valor aproximado de R$ 500 mil por mês, possibilitando  economia. “A partir desse licenciamento, será possível obter recursos para a manutenção da unidade e o montante gasto hoje poderá ser reinvestido em novas ações” afirma a secretária de Saúde, Cinthya Pedrosa.  

A gestora esclarece também que não houve interessados na licitação para aquisição do respirador portátil e a bomba de infusão do pregão presencial 044/2017 e processo administrativo 136/2017. Com isso, a Prefeitura já organiza outros certames.  

 

Reivindicação antiga da população de Azurita, a construção de uma passarela sobre a MG-050, na altura do Nossa Senhora de Lourdes, começou a sair do papel. As obras foram iniciadas, em atendimento ao governo municipal, que, desde o início de 2017, luta junto à concessionária da rodovia pela instalação do dispositivo, que vai garantir mais segurança para os moradores da região. 

Para o comerciante Evanildo Alves da Silva, que vive no bairro há 15 anos,  essa era uma medida prioritária. “É fundamental porque o trecho é muito perigoso. Infelizmente, tanto eu quanto meus filhos e netos, além de outras pessoas da comunidade, corremos riscos há muito tempo. Agora vai ficar mais seguro”, comenta. 

A passarela está sendo edificada no km 73, entre as ruas José Medanha e Henrique Michel. No momento, os operários constroem a base para a colocação de vigas de sustentação.  O prefeito Júlio Fares enfatiza o empenho da administração em relação ao pedido.  “A execução desse projeto faz parte de um grande esforço de articulação feito em 2017. Enviamos diversos ofícios à empresa e ao Estado”, afirma. 

Ainda segundo Fares, outras benfeitorias foram solicitadas. “Nós também queremos a instalação de uma travessia nas proximidades da Escola Municipal Hélen Jaqueline, uma escada para a rua João Vicente, proteção na via que dá acesso à rua Antônio Carlos, no Nossa Senhora de Lourdes, e também um passeio no mesmo bairro, no  lado direito da rodovia, entre outras melhorias”, reforça. 

 

A febre amarela fez uma vítima em Mateus Leme. Foi confirmada no início da tarde desta quinta-feira, 18, a morte de um morador do povoado de Freitas, na zona rural, por complicações da doença. O homem, de menos de 30 anos, estava internado no Hospital Regional de Betim. Como a comunidade está em área limítrofe, a Secretaria de Saúde de Itaúna também acompanha o caso. E, de acordo com as informações obtidas pela reportagem junto à Assessoria de Comunicação da Prefeitura da cidade vizinha, já estavam previstas para esta sexta-feira, 19, ações para reforço da prevenção na localidade.  A estratégia definida é o encaminhamento de servidores da pasta para orientar e imunizar a parcela da população que ainda não recebeu a vacina. 

O surto da enfermidade acendeu o alerta na Região Metropolitana de Belo Horizonte – RMBH – desde o fim de dezembro. A situação ficou ainda mais alarmante nos últimos dias, e com o óbito do paciente de Freitas, subiu para 17 o número de falecimentos em Minas Gerais em decorrência do vírus. Até o fechamento desta edição, na noite de quinta, estavam confirmados 22 casos em todo o estado, sendo 59% deles no entorno da capital. 

Além de Belo Horizonte e Mateus Leme, Brumadinho, Caeté, Nova Lima, Rio Acima, Itabirito e Mariana registraram a doença em moradores. As duas últimas cidades estão na Região Central de Minas Gerais, mas respondem à Regional da capital. Os dados da Secretaria de Estado da Saúde mostram que a maioria dos casos confirmados é de homens que não se vacinaram. A maior parte das vítimas tem entre 31 e 69 anos. O que impressiona é a letalidade da doença, que ultrapassou 68%. 

A cobertura vacinal em Minas Gerais estava em 82% no início do período, mas a meta é imunizar 95% da população. As doses estão disponíveis, gratuitamente, por meio do Sistema Único de Saúde - SUS. Devem ser vacinadas pessoas acima de nove meses e até 59 anos. Quem tem mais de 60, grávidas e mulheres que estão amamentando bebês menores de seis meses só devem tomar se forem se deslocar para áreas com transmissão ativa da enfermidade, ainda assim, com orientação médica. A imunização é contraindicada para quem tem alergia a ovo. 

 

Copasa anuncia leilão de 104 veículos dia 20

Segunda, 18 Dezembro 2017 08:04

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa – vai leiloar 104 veículos, na quarta-feira, 20 de dezembro, a partir das 10 horas. O certame será realizado na rua Mar de Espanha, 525, no bairro Santo Antônio, em Belo Horizonte. Entre os itens disponibilizados, destacam-se modelos da Fiat, como Fiorino e Strada; caminhonete S10; e Hyundai Tucson. 

Os interessados poderão fazer vistorias entre os dias 15, 18 e 19 de dezembro, das 08h30 às 11h30 e das 13h às 16h, no Pátio da Copasa (Mutuca - BR-040, KM 550, bairro Jardim Canadá, Nova Lima). É proibido levar mochilas, capacetes, bolsas e equivalente, bem como fotografar outros lotes que não fizerem parta do edital. Os carros serão negociados no estado de conservação e condições em que se encontram, não cabendo qualquer reclamação posterior. O pagamento do bem arrematado deverá ser feito em 100%, com até 48 horas após a data de realização do leilão, exclusivamente por meio de boleto bancário entregue ao arrematante.

Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, qualquer instituição ou associação, com exceção dos empregados da estatal. O prazo máximo para a retirada do automóvel contará 15 dias corridos, a partir da data do certame. O edital número 04/2017 e demais informações podem ser consultados www.copasa.com.br. 

 

Durante patrulhamento em Juatuba, a Polícia Militar flagrou dois homens, no momento em que tentavam vender diversos produtos a um estabelecimento comercial do tipo “Topa Tudo”. Questionados sobre a origem dos materiais, os elementos entraram em contradição e a equipe constatou que os itens eram provenientes de furtos. Ambos foram conduzidos à Delegacia para as providências cabíveis. 

 

Uma loja de eletroeletrônicos localizada no Centro de Juatuba foi alvo da ação dos bandidos no início desta semana. De acordo com informações registradas pela Polícia Militar, os criminosos arrombaram o estabelecimento e fugiram com diversos itens. A corporação fez o rastreamento e conseguiu capturar cinco elementos, que portavam uma grande quantidade de materiais.

Os indivíduos foram presos sob a acusação de roubos na cidade e também na região, como nos municípios de Pará de Minas, Igarapé e Nova Serrana. Eles estavam em um veículo Fiat Siena, supostamente usado nos crimes, e de posse de 49 celulares, dois tablets, um notebook, uma corrente e bracelete, um relógio e R$ 5.481,25 em dinheiro. 

A PM também apreendeu com o grupo 19 pinos de cocaína, cinco buchas de maconha, um revólver calibre 38 e cinco munições intactas, além de três máquinas de cartão. 

 

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE