Sexta, 17 Agosto 2018

Premiação chega à 12ª edição com “O Mundo da Tecnologia”

Quem são os profissionais, empresários, cidadãos ou políticos que dedicam pelo crescimento das comunidades nas quais estão inseridos? Quais são as ações direcionadas à geração de emprego e renda ou realizadas com o objetivo ajudar as pessoas, garantir a elas condições dignas, incentivar a educação, a cultura, o esporte? Que iniciativas nesse sentido têm garantido os melhores resultados para a população? Essas perguntas parecem fáceis de responder, mas muitas vezes ficam sem respostas. Com certeza, são muitos os que contribuem no dia a dia, em segmentos diversos, para as mudanças que melhoram a vida de todos. Mas, os nomes deles muitas vezes não ganham a repercussão que merecem ou sequer são lembrados. 

E, é com a proposta de reverter esse quadro, a partir do reconhecimento e valorização dos que trabalham por uma sociedade melhor, o grupo Criarte pela primeira vez vai agraciar empresas, entidades e personalidades públicas de Juatuba e Mateus Leme com o Troféu Evidência. O prêmio chega à 12ª edição, considerado como um dos mais importantes da imprensa da região, mais uma vez vai reunir lideranças políticas, empresariais e profissionais liberais. O tema escolhido é “O Mundo da Tecnologia”, que vai destacar o que de melhor os premiados oferecem aos clientes e à sociedade em geral. 

A noite de entrega do Troféu Evidência terá intensa programação nas áreas externas e também nos três pisos do prédio do Grande Teatro da Universidade de Itaúna. Mais que um evento para homenagear quem se empenha para o desenvolvimento das três cidades envolvidas, a premiação foi transformada ao longo dos anos em polo disseminador de cultura, abordando desde a arte popular à clássica. Mais uma vez, o público será brindado com diversas atrações. 

Os interessados em ajudar a escolher os homenageados com o Troféu Evidência 2015 já podem votar. Para isso, basta acessar o site www.jornaldejuatubaemateusleme para verificar os indicados ou www.jornalspasso.com.br para conhecer também os concorrentes do município vizinho. 

 

Magia, beleza e inspiração. Essas palavras definem o conceito desenvolvido pela Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Prestação de Serviços – Aciaps – de Mateus Leme para a campanha “Natal Encantado”, que será realizada com o objetivo de alavancar o comércio local durante os preparativos para uma das datas comemorativas mais lucrativas do ano. A ideia foi apresentada em solenidade na quinta-feira, 20, quando os lojistas, parceiros da iniciativa e representantes do poder público puderam conhecer a proposta da entidade, que pretende inovar em todos os aspectos no sentido de promover um verdadeiro resgate do espírito natalino na cidade. 

Para os que consideraram que a promoção foi lançada com muita antecedência, ainda em agosto, e esses não foram poucos, o presidente da Aciaps, Marcus Júnior Diniz, explica que a expectativa é de conseguir uma grande mobilização, com as diversas ações e grande número de adesões projetadas e, por isso, foi necessário antecipar a apresentação. 

“Precisávamos preparar a todos sobre o tamanho do nosso promissor projeto, idealizado com grande apoio da Prefeitura. A ideia é criar um clima de Natal que realmente contagie as pessoas, despertando o desejo de agradecer e emocionar amigos e familiares. É ressaltar a importância da família e da comunidade unidas. É fazer com que a população tenha encantamento com nosso Natal e cidade, fazendo com que fiquem aqui, evitando que busquem municípios vizinhos. Vamos atrair nossos clientes não pelo sorteio de prêmios, que já é rotina na maioria das cidades, mas sim, pela emoção e pelo encanto da festa”, argumenta Marcus Júnior sobre os conceitos da campanha. 

Envolvimento da comunidade 

Um dos pontos importantes para o alcance dos resultados esperados pela Aciaps será a ornamentação das praças Matriz, do Coreto e da Criança, além da avenida padre Vilaça, que estão entre os locais mais movimentados de Mateus Leme. A decoração ficará por conta da administração municipal. A entidade quer ainda mobilizar a comunidade escolar e os empresários para que sejam enfeitados também os estabelecimentos dos variados segmentos e as instituições de ensino. “Teremos ainda apresentações musicais e culturais, com datas agendadas para os meses de novembro e dezembro”, adianta o presidente. A campanha tem  apoio do Serviço Social do Comércio – Sesc -, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae -, da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais – Fecomércio – e da Polícia Militar.

Essa é a primeira vez que a associação desenvolve uma promoção nesses moldes, além dos tradicionais sorteios de prêmios. E, a perspectiva é muito boa. “Com a proximidade de nossa cidade com os grandes centros, essa modalidade encontrava-se defasada. Acreditamos que em momentos difíceis da economia, que é a realidade no cenário nacional, temos que ousar e sair da zona de conforto, oferecendo novas maneiras de crescimento do comércio local”, pondera Marcus Júnior Diniz. 

Apesar dos problemas financeiros enfrentados pela maioria da população brasileira no momento, a diretoria da Aciaps acredita que a partir do trabalho iniciado agora será possível reverter contribuir para que os comerciantes obtenham resultados melhores que os alcançados no período festivo no ano passado. 

“A entidade é muito respeitada no município e região, e, mesmo em momentos de crise, conseguimos garantir o crescimento dos associados e de serviços prestados aos empreendedores locais. Nosso objetivo é englobar toda rede empresarial na cidade neste promissor movimento que, em médio prazo, com auxílio de grandes parceiros como a Prefeitura e entidades locais, pode fazer de Mateus Leme uma referência no que tange a movimentos natalinos, aquecendo não só o comercio e a economia, mas engrandecendo o turismo. Estamos no momento de pensar novo e fazer diferente e, com o apoio de todos, iremos atingir o nosso objetivo”, propõe o presidente da instituição. 

 

Apesar de a administração municipal ter anunciado investimentos em obras para melhorias na mobilidade urbana, alguns bairros de Juatuba  estão praticamente intransitáveis. Moradores e comerciantes de várias localidades estão revoltados com a situação e em contato com a redação todas as semanas pedem que sejam cobradas providências para o problema. Um exemplo está na avenida Joseph Villeger, no Cidade Nova I, um dos principais corredores de trânsito da região, já que é um dos acessos à cidade e está completamente esburacada. A situação é a mesma em diversos outros pontos do bairro. 

Um mês depois de passar o domingo inteiro sem água, a população de Juatuba e Mateus Leme terá o fornecimento cortado novamente amanhã, 23. A Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa – avisou no meio desta semana que vai interromper o abastecimento em todas as regiões dos dois municípios durante todo o dia. Conforme as informações divulgadas pela empresa, a interrupção vai começar às 05h e a normalização será gradativa, a partir da madrugada de segunda-feira, 24. 

A justificativa da estatal é a necessidade de obras de interligações dos pontos de conexões das novas adutoras do sistema Rio Manso, em Brumadinho e em Sarzedo. Além disso, estão programadas intervenções para substituição de doze registros de descarga na linha da elevatória de água tratada e manutenção elétrica das subestações das elevatórias de água bruta e tratada.

 

Nossa reportagem recebeu esta semana um email assinado por moradores de Francelinos  que se dizem indignados devido à situação do prédio em que funcionava o Programa de Saúde da Família – PSF – no distrito. As condições da edificação já foram tema de denúncia feita pelo JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME ainda em agosto de 2014, mas um ano depois, nenhuma providência foi tomada e a construção permanece abandonada, sendo depredada por vândalos e usada como abrigo por bandidos. 

Segundo a comunidade, o antigo posto foi desativado após a inauguração de outra unidade para realização dos atendimentos. O imóvel pertence ao Município, mas sem nenhuma utilização pela Prefeitura, ao contrário do que já sugeriu a comunidade com vários pedidos para a ocupação do espaço com atividades variadas, como oficinas e cursos para jovens e adultos que não têm muitas opções no povoado, é ponto de encontro de traficantes, usuários de drogas e prostituição. 

Construída com recursos públicos, a edificação está praticamente destruída, como confirmam as fotos encaminhadas à redação que ilustram esta página. A população reclama, pede providências, mas até o momento nada foi feito. Também é questionado o motivo de o governo municipal gastar valores exorbitantes com o pagamento de aluguéis, enquanto um prédio próprio da Prefeitura é alvo de depredação e causa de muita insegurança entre os moradores. 

 

A Prefeitura de Mateus Leme alterou o trânsito na travessa Agente José Ferreira. A partir da segunda-feira, 24, a via, que fica no Centro da cidade, terá sentido único, a partir da Estação Ferroviária, passando pela Delegacia até a avenida Getúlio Vargas. Segundo a administração municipal, a mudança é justificada pela previsão de aumento  do fluxo de pedestres e veículos a partir da inauguração da Unidade Básica de Saúde – UBS -, que ainda está em fase de construção.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Mateus Leme divulgou esta semana o resultado da prova de conhecimentos específicos que é uma das fases eliminatórias para a eleição do Conselho Tutelar. De acordo com o órgão, a avaliação habilitou 18 pessoas a continuarem no processo. 

Os candidatos aptos a participar das outras etapas da seleção são Andreia de Menezes dos Santos, Claudia Antunes Lyra de Carvalho, Maria da Fé Gomes Albicem, Jacqueline Marcia Pereira de Sales, Sileny Andrade Menezes, Maria Imaculada de Oliveira, Sinvaldo Cardoso da Silva Araújo, Patrícia Aparecida de Castro, Greicilene Debora Teixeira Alves, Cintia Gomes da Silva, Huarley Alexandre de Aquino, Janaina Tania de Oliveira Silva, Ingride Tuane Souza Santos, Rafaela Cristina Silveira, Edenice Conceição de Oliveira, Marcela Paula dos Santos e Silva, Viviane Cristina Pereira e Sidineia Gonçalves Marques. 

O próximo passo para esses concorrentes é o teste psicológico, marcado para 05 de setembro em horário previamente agendado com cada um. Prevista para o mês de outubro, a eleição dos novos membros será por meio de votação, a qual têm direito todos os maiores de 16 anos e inscritos como eleitores na Comarca.  

 

A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais – Codemig - publicou edital de concurso público para preenchimento de 23 vagas para cargos de analista de apoio e analista de desenvolvimento econômico. Os salários variam entre R$ 3.724,80 e R$ 14.203,95, mais benefícios. A seleção é destinada aos profissionais com formação de nível superior em diferentes áreas do conhecimento. Conforme edital publicado no Diário Oficial do Estado, os interessados poderão se inscrever a partir das 14h do dia 13 de outubro até as 23h59 do dia 12 de novembro. 

As inscrições serão feitas via internet, no portal eletrônico da Fundação Getúlio Vargas (portal.fgv.br), a entidade responsável pela realização do certame. O valor da taxa é R$ 80 para todos os cargos. A avaliação se dará por meio de uma prova escrita objetiva e outra discursiva, ambas de caráter eliminatório, além da avaliação de títulos como critério classificatório. A prova será aplicada apenas em Belo Horizonte, no dia 20 de dezembro, das 13 às 18 horas. Já a convocação dos candidatos aprovados vai obedecer à ordem classificatória por cargo e função, observando o preenchimento das vagas existentes. Informações adicionais sobre o concurso poderão ser obtidas pelo telefone 0800 283 4628 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Ao todo, são 20 vagas destinadas ao cargo de analista de desenvolvimento econômico, sendo 18 de ampla concorrência e duas para candidatos com deficiência. Para todos os cargos, a carga horária é de 40 horas semanais e também é exigida disponibilidade para viagens. Há também três oportunidades para analista de apoio e os candidatos devem possuir curso superior completo em arquivologia ou turismo. Para a função, o salário-base é de R$ 3.724,80. 

Domingo, 16, um menor foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na rua Joseph Vileger, no Cidade Nova I. A Polícia Militar foi acionada a comparecer ao local, onde testemunhas relataram que dois homens em uma moto se aproximaram do rapaz e atiraram. Pedro Henrique da Cruz Gomes, de 17 anos, tinha envolvimento com tráfico de drogas e a principal hipótese é de que o crime tenha sido motivado por acerto de contas, conforme informações divulgadas pela PM. Até o fechamento desta edição não havia pistas. 

A família de Paulo Lopes de Oliveira, de 57 anos, que fez um apelo publicado na edição de sábado, 15, devido ao desaparecimento dele, no dia 02 de agosto, conseguiu localizá-lo. O homem, que os parentes suspeitavam estar em Juatuba, foi encontrado no Hospital de Betim e  havia sido visto pela última vez na casa do pai, em Itaúna, de onde saiu numa moto, após um surto psicótico, sem deixar pistas, conforme relatos divulgados pelos familiares. 

Paulo faz uso de remédio controlado e estava na instituição de saúde da cidade vizinha desde o dia do desaparecimento. Porém, a família foi informada somente no fim da última semana. Ele está foi internado no Centro de Tratamento Intensivo – CTI – em estado grave, porém, estável. Mais informações, como os motivos da internação e da situação do paciente, não foram divulgadas. 

 

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE