Domingo, 25 Fevereiro 2018

Em entrevista ao JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME, a prefeita Valéria Aparecida dos Santos fez um balanço do primeiro ano deste mandato. A chefe do Executivo falou sobre as obras e projetos executados em 11 meses de governo, os desafios e conquistas da administração, além de apresentar os prognósticos para 2018. 

De acordo com os dados apresentados, o Município termina 2017 em situação relativamente favorável. Grande parte das prefeituras de Minas Gerais, cerca de 70%, enfrentam dificuldades para pagar em dia o funcionalismo e os servidores do Estado, com salários atrasados, não sabem quando receberão o 13º Salário. Juatuba encerra com as contas controladas e dinheiro em caixa para garantir a gratificação natalina a todos os funcionários. 

 “Conseguimos executar várias obras e continuamos trabalhando. Os pagamentos estão em dia, inclusive de fornecedores e prestadores de serviços. Isso é resultado das medidas de economia adotadas e do planejamento”, comentou Valéria.  A prefeita ressaltou que o governo conseguiu atender reivindicações antigas da população, como as intervenções para melhorias na infraestrutura dos bairros Veredas, Santo Antônio, Samambaia, Satélite. Ela ressaltou ainda os projetos em andamento.  

“No Veredas serão entregues 3,30 Km de asfalto. Estamos licitando a drenagem, que teve que ser feita separadamente. Esperamos concluir até o início do próximo ano. Também iniciamos um 1,5 km de pavimentação na avenida Santos Dumont, no Santo Antônio, com recursos oriundos da devolução do duodécimo pela Câmara e outra parte da Prefeitura. Há uma obra na avenida Brasil em Francelinos, que o pessoal estava esperando há algum tempo e agora vamos entregar. No Samambaia, resolvemos a questão de um bueiro, que causava muitos transtornos para a comunidade. Quando chovia não tinha passagem. Drenamos e fizemos uma contenção. Construímos até uma pracinha lá. Ficou muito bom o serviço”, comemorou.  

Valéria disse ainda que deve concluir a praça do bairro Satélite, construída com recursos de emenda parlamentar do deputado Diego Andrade, até o fim de 2017. A chefe do Executivo contou também que apresentou em Brasília uma das principais demandas dos moradores do São Jerônimo. 

“A passarela é cobrada desde 2013 e agora, parece que vai sair. É uma travessia que liga a Ambev ao bairro, que é ilhado; os moradores têm que pular muretas na duplicação para poderem ir até o Centro. Também vai proporcionar um acesso melhor ao local onde será construído um posto de saúde”, afirmou.

Nova unidade de saúde e aparelho de ultrassom

Valéria disse ao JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME que já foi iniciado projeto para instalação de uma unidade de saúde no bairro São Jerônimo. “Aproveitaremos um galpão, que está ocioso. Eu queria entregar ainda este ano, mas não foi possível licitar porque tivemos precisávamos de aprovação do Estado”, informou. 

A prefeita contou que o Município acabou de ganhar um aparelho de ultrassom. Entre os planos, a implantação de um centro de especialidades médicas para as mulheres. “É meu sonho. E, até o fim do mandato, conseguiremos realizar. A chegada desse equipamento é o primeiro passo”, garantiu. 

Ampliação da 

redesocioassistencial 

De acordo com Valéria, a Prefeitura cadastrou proposta de instalação de um Centro de Referência Especializado de Assistência Social – Creas, no imóvel que abriga hoje a sede da pasta responsável por esse serviço. 

“Está dependendo de documentação, porque o terreno foi adquirido em outra administração, o antigo dono faleceu e a filha não quis regularizar a situação. Precisamos recorrer à Justiça e com isso, pode demorar um pouco. Vamos mudar a secretaria. Esse espaço foi escolhido para o Creas porque tem academia e uma piscina, que construí durante o meu mandato e que pretendo tornar aquecida e coberta”, anunciou. 

Para a prefeita, alguns programas precisam ser melhorados e ampliados, como por exemplo, o de distribuição de cestas básicas. “Há muitas pessoas que precisam. Há muito a ser feito”, concluiu. 

Investimentos para Educação

A Secretaria de Educação de Juatuba solicitou à União, por meio do Plano de Ações Articuladas, o PAR, recursos para a construção de uma escola. De acordo com o gestor da pasta, Islander Saliba Santos, a proposta é de que o imóvel seja edificado de acordo com o modelo padrão do governo federal. Em contrapartida, o Município tem que realizar a terraplanagem do terreno.  

“Queremos começar essa etapa já no início do ano e deixar tudo pronto. A área fica ao lado da loja de uma grande rede de supermercados. Esperamos que a verba seja liberada rápido”, comentou Islander. O imóvel, conforme publicado pelo JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME, na edição passada, vai abrigar os alunos da Escola Elza Saraiva de Oliveira. O prédio antigo continua interditado e ainda não há definição da Justiça sobre o destino do mesmo. 

Ainda de acordo com o secretário, há expectativa de conclusão da instituição de ensino do Boa Vista no primeiro semestre de 2018. “Dependemos dos repasses da União. A obra demorou porque ficamos praticamente um ano sem receber o montante destinado a ela. Agora falta o acabamento. Se não houver mais atrasos do governo federal, entregaremos a unidade educacional em fevereiro ou março”, falou. 

Novos uniformes 

Em fevereiro de 2018, todos os alunos da educação infantil e do ensino fundamental I e II da rede municipal de Juatuba receberão novos uniformes.

Na quarta-feira, 06, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social de Juatuba, Alexandre Antônio Diniz Avelar, se reuniu com o coronel Mauro Lúcio de Moura Alves, comandante da 2ª Região de Polícia Militar, para solicitar aumento das ações estratégicas de combate à criminalidade no município. Em ofício encaminhado à PM, o gestor da pasta relatou que a cidade passa por um período de turbulência, devido ao aumento da violência e pediu apoio da corporação em relação às demandas apresentadas. 

No documento, foi solicitado o Pelotão de Trânsito do 2º Batalhão, para operações no bairro Braúnas e em Francelinos. As comunidades têm sofrido com diversos roubos e até arrastões, conforme as informações levadas ao comando por Avelar. A região fica perto das rodovias, o que facilita o acesso dos bandidos de outras localidades. Ainda de acordo com o secretário, os criminosos estão assustando também os moradores de Boa Vista e Jardim Leme, onde há grande fluxo de pessoas ao longo da semana. 

Avelar pediu também a implementação do serviço de fiscalização da Polícia Rodoviária às margens da MG-050, do entroncamento da BR-262, no bairro Canaã, até o Icaraí, apresentando como justificativa o fato de vários assaltos, principalmente aos usuários do transporte coletivo. Para auxiliar no trabalho da Polícia Militar, o Município se dispõe a ficar responsável pela divulgação de ações preventivas e chamamento da população para colaborar.

 

Estado libera tabela do IPVA 2018

Segunda, 11 Dezembro 2017 07:34

A época é dedicada às tradicionais comemorações e confraternizações de fim de ano, mas também de preparar os bolsos para os tributos que já começam a vencer logo em janeiro. Entre esses, está o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores – IPVA -, cuja tabela foi divulgada nesta semana pela Secretaria de Estado da Fazenda - SEF. A escala, em Minas Gerais, começa no dia 10 de janeiro, para as placas de finais 1 e 2. O contribuinte que decidir quitar o imposto à vista terá 3% de desconto. Já quem optar por dividir o débito, deverá pagar a segunda e terceira parcelas em fevereiro e março.

A novidade anunciada pela SEF é a dedução, automática, de 3% , que será concedida a partir de 2019, para quem estiver em dia com o IPVA, as taxas e eventuais multas do exercício de 2017. Quem se mantiver adimplente, também terá direito a esse benefício nos anos seguintes. A tabela contendo as bases de cálculo e os valores do IPVA disponível em diarioeletronico.fazenda.mg.gov.br. Em comparação com 2017, houve uma redução média de 2,98%.A única mudança é a alíquota das caminhonetes cabine dupla e cabine estendida, que passa de 3% para 4%. 

O pagamento já pode ser feito, diretamente nos terminais de autoatendimento ou guichês dos agentes arrecadadores autorizados - Bradesco, Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas, Mais BB, Banco Postal, Santander e Sicoob -, bastando informar o número do Renavam. Para emitir a guia de arrecadação o proprietário deve acessar  www.fazenda.mg.gov.br, comparecer a uma agência da Administração Fazendária ou Unidade de Atendimento Integrado - UAI.

A administração de Mateus Leme fará, na próxima quinta-feira, dia 14, o pagamento integral do 13º Salário a todos os servidores municipais, englobando efetivos, ocupantes de cargos comissionados e contratados. A gratificação natalina do funcionalismo injetará aproximadamente R$ 1,7 milhão na economia local, com perspectiva de fomento significativo do comércio. 

“Mesmo diante dos efeitos da crise política e financeira, como a redução dos repasses do governo federal e Estado para os municípios, a Prefeitura vem pagando os salários normalmente, com alguns dias de adiantamento, inclusive”, afirmou o prefeito Júlio Fares, ao anunciar a data de quitação do 13º Salário. Em janeiro, será feito o reajuste do cartão- alimentação dos servidores que têm rendimentos brutos de até R$ 8 mil. O valor creditado no primeiro mês de 2018 será de R$ 150.

 

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais – Codemig -, realizado junto à Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa – Fundep -, para o preenchimento de 19 vagas de trabalho. Os interessados têm até 28 de dezembro, às 20 horas, para o cadastro, que deve ser feito on line, em www.gestaodeconcursos.com.br. As provas, em Belo Horizonte, estão previstas para 28 de janeiro.

No nível médio, há duas oportunidades, para o cargo de assistente administrativo, uma de ampla concorrência e outra destinada a pessoas com deficiência. Já no médio técnico, há uma para técnico de Tecnologia da Informação. E para os que possuem graduação superior são duas para o posto de analista de administração, sendo uma delas para deficientes. 

Os candidatos com terceiro grau poderão concorrer também às vagas para as funções de analista (de compliance, geoprocessamento, pessoal, sistemas, suprimentos e Tecnologia da Informação); arquiteto; auditor; contador; engenheiro (civil, de energia, de instalações e  orçamentista) e secretária executiva.

Os salários variam de R$ 3.116,38 a R$ 6.708,73. Além da remuneração mensal, os contratados terão os benefícios, como participação nos lucros e resultados; plano de saúde e previdência complementar, em regime de coparticipação; seguro de vida em grupo; vale-alimentação e/ou refeição; auxílio creche; auxílio educação. A jornada de trabalho para todos os cargos é de 40 horas semanais, com disponibilidade para viagens. A critério da Codemig, o empregado desenvolverá atividades diretamente em uma das subsidiárias, temporária ou definitivamente, em Belo Horizonte (sede) ou em qualquer das unidades do interior de Minas Gerais. A taxa de inscrição custa R$ 60 para os postos de níveis médio e médio técnico e de R$ 90 para as funções de nível superior.

Uma decisão do juiz eleitoral Eudas Botelho, assinada no dia 29 de novembro e publicada na segunda-feira, 04, causou repercussão na cidade. O despacho trata da cassação do mandato da prefeita Valéria Aparecida dos Santos – PMDB - e do vice, Alcides Osório da Silva, o Cidinho, do PDT. A ação foi embasada em denúncia sobre supostas irregularidades na contratação de procedimentos médicos, oferecidos pela administração, por meio da Instituição de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba – i.Cismep.

A alegação é de que a disponibilização de exames em agosto e setembro de 2016 teve o objetivo de angariar votos, uma vez que Valéria era candidata à reeleição. De acordo com as informações prestadas à Justiça pelos denunciantes, membros da coligação formada pelo PEN, principais adversários da atual chefe do Executivo na corrida pelo cargo majoritário, foram solicitados ao consórcio 1.190 procedimentos para realização nos meses que antecederam as eleições. 

Na sentença, o magistrado afirma que “só não houve um abuso de poder econômico ainda maior em razão da falta de estrutura da i.Cismep”. “Ante o exposto e de tudo mais que dos autos consta, julgo procedente a ação e, por consequência, casso o mandato eletivo de Valéria Aparecida dos Santos e Alcides Osório da Silva”, decretou o juiz Eudas Botelho. No entanto, a prefeita e o vice poderão aguardar nos cargos resultado do recurso, já impetrado no Tribunal Regional Eleitoral – TRE. Se transitada em julgado a decisão em primeira instância, os dois serão afastados e o presidente da Câmara, Kellissander Saliba, o Ted, assume o comando do Executivo, até que seja convocado novo pleito. 

Em contato com a assessoria de Valéria, a reportagem foi informada de que os procedimentos em questão foram contratados em junho, quando ela estava decidida a não tentar a reeleição. De acordo com a Prefeitura, a demanda reprimida, na época, era de cerca de cinco mil exames, e, diante da possibilidade de a i.Cismep oferecer parte desse montante nos meses subsequentes, foi feita a negociação, que resultou no atendimento a 521 pedidos encaminhados, em setembro, ao custo de R$ 26 mil. O entendimento é de que, com a administração em curso, o Município não podia deixar de prestar a devida assistência aos usuários da rede pública de saúde, que aguardavam na fila de espera.

Um apartamento da Caixa Econômica Federal com ação judicial, localizado em Juatuba, será vendido pela instituição. O edital de licitação foi publicado na edição do Diário Oficial da União de 23 de novembro. E ficará à disposição dos interessados na aquisição também nas agências, no horário do atendimento bancário; na página da instituição na internet (www.caixa.gov.br); e na Gerência de Filial Alienar Bens Móveis e Imóveis - GILIE -, com sede em Belo Horizonte. 

O imóvel, localizado na rua Professor Geraldo Alves de Oliveira, foi anunciado por R$ 97.371,69, valor abaixo da avaliação, R$ 105 mil. Para habilitar-se à concorrência, é preciso efetuar depósito a título de caução correspondente a 5% do valor de venda do bem. 

As propostas, acompanhadas do respectivo comprovante, deverão ser entregues, em envelope lacrado, nas unidades da Caixa, até a próxima terça-feira, 05. 

A abertura dos envelopes será efetuada a partir das 12 horas, do dia 12, na GILIE/BH, na presença dos interessados ou procuradores. O mapa de classificação da licitação será publicado a partir de 15 de dezembro. Mais informações pelo telefone 3214-5500.

 

Foi realizada no sábado, 25, a cerimônia de entrega do Prêmio Notoriedade, que reconhece empresas e profissionais atuantes em Mateus Leme. A iniciativa presta homenagem aos destaques do ano, apontados pela população, por meio de pesquisa, realizada pelos colaboradores da Rádio Matele FM, em pontos estratégicos da cidade e região. A proposta é exaltar a história dos empreendedores e personalidades que contribuem para o crescimento e fortalecimento do município. 

O JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME foi um dos agraciados na noite de premiação.  O veículo de comunicação trabalha com jornalismo especializado, mantendo a população mateuslemense bem informada sobre todos os fatos importantes, de relevância social e política. Nas páginas do semanário há sempre espaço reservado também para notícias sobre os bons exemplos da cidade. O Prêmio Notoriedade tem como objetivo projetar a história das empresas e dos profissionais que fortalecem a economia de Mateus Leme na mídia local e regional.

Sicoob Crediuna é a instituição financeira mais lembrada 

De acordo com a pesquisa de opinião pública realizada pela Rádio Matele FM, a instituição financeira mais citada pelos entrevistados foi o Sicoob Crediuna. O sistema de cooperativas de crédito tem como missão assegurar aos associados e às comunidades soluções financeiras e de serviços, comprometidas com o seu desenvolvimento econômico e social. Pelo trabalho em Mateus Leme durante o ano de 2017, o Sicoob Crediuna também recebeu o Prêmio Notoriedade.

O menor custo na concessão de crédito, com taxas reduzidas e menos tarifas em relação ao mercado comum, além do atendimento humanizado, oferecidos pela instituição financeira têm atraído cada vez mais pessoas. Com o objetivo de oferecer mais comodidade à população mateuslemense, a cooperativa ainda transferiu as atividades para nova sede, agora em imóvel quase quatro vezes maior que o antigo.

 

A solidariedade foi um aditivo especial do movimento Outubro Rosa e Novembro Azul, em Mateus Leme. Em meio às campanhas, foi realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, numa parceria entre Prefeitura e Câmara, o II Desafio Canviver, composto por competições em modalidades variadas, intensa programação cultural e também incentivo à arrecadação de alimentos. Os produtos, conforme divulgado esta semana, foram suficientes para 63 cestas. Além disso, uma rede de supermercado fez doações e os participantes contribuíram com gêneros alimentícios no ato da inscrição. Famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social – Cras – receberam os donativos. 

 

Na terça-feira, 28, a Polícia Militar de Juatuba conseguiu prender Sidnei Silva dos Santos, em operação pela avenida Santos Dumont, no Eldorado. O elemento, de acordo com as informações divulgadas pela corporação, é réu confesso em diversos homicídios e ainda responde na Justiça por outros crimes, como tráfico de drogas e roubos. O indivíduo, que dirigia um VW Logus, tentou evadir quando percebeu a aproximação da viatura, mas foi alcançado. Ainda segundo o boletim de ocorrência registrado, a PM confirmou a existência de dois mandados de prisão em desfavor dele. 

 

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE