Segunda, 23 Abril 2018

Instituir uma ferramenta para afastar a população do álcool e substâncias entorpecentes ilícitas, com o apoio da comunidade. Esse é o objetivo do projeto “Juatuba sem Drogas”, lançado nesta semana pela Secretaria de Segurança e Defesa Social. O programa é composto por três fases: administrativa, prevenção e orientação. Está prevista para a primeira etapa, além da definição das diretrizes, a criação de conselho para discussão das políticas públicas e do fundo municipal para fomento às iniciativas da própria Prefeitura ou estratégias em parceria com o governo do Estado. 

A intenção é, principalmente, educar e informar sobre os malefícios dos tóxicos, especialmente as crianças e adolescentes. Para isso, as equipes envolvidas começaram as visitas aos estabelecimentos que comercializam bebidas alcóolicas, para distribuição de materiais de conscientização e orientações a respeito da proibição da venda desses produtos aos menores, conforme legislação vigente. 

Palestras serão levadas às instituições de ensino, como forma de alerta sobre os riscos do consumo de álcool e outras drogas. A proposta é ainda de capacitar servidores e voluntários, numa união de esforços com a sociedade civil para alcance de melhores resultados. A ampliação dos serviços da rede de serviços mantida pelo Município, para garantia de suporte aos dependentes e familiares também é uma medida defendida pela Secretaria de Segurança e Defesa Social. 

 

A falta de oportunidades no mercado de trabalho em Juatuba faz com que muitas pessoas busquem uma colocação em outras cidades da região, entre as quais, Belo Horizonte, que oferece maior número de vagas, nos diversos segmentos. No entanto, quem consegue um emprego fora do município ainda precisa lidar com custos do deslocamento, mesmo nos casos em que a contratante fornece auxílio. 

A questão foi abordada nesta semana pelo morador do Satélite, Eduardo Pedroso, que expôs as dificuldades geradas pela situação. “Se não precisássemos ir para outros municípios, seria ótimo. É claro que o maior problema é referente às despesas, mas a viagem também, todos os dias, é cansativa. Muitas dessas pessoas vivem em bairros e têm que se deslocar até ao Centro para acesso ao ônibus que vai para a capital, se não quiser fazer uma longa caminhada. Aí, é mais uma passagem”, relatou. 

Eduardo Pedroso disse ainda que não há ressarcimento da tarifa para o percurso até o transporte metropolitano, na maioria das vezes, pelos empregadores. Os funcionários acabam arcando com os gastos, por receio de demissão. 

“Fica caro. Então, não dão e o medo de todo mundo é de ficar desempregado se exigir. É preciso que seja implementada uma linha que rode na periferia, passe pela área central e siga para o Eldorado. Ou um Circular mais em conta, para que a gente consiga pagar. No Serra, em BH, por exemplo, tem uma passagem de R$ 0,90, um micro-ônibus, que trafega por toda aquela região, garantindo mais praticidade e economia”, comentou. 

O trabalhador contou que desembolsa R$ 33,80 diariamente, com subsídio de R$ 24 da empresa. “Pago R$ 5,80 no Betim até o Centro e de lá, R$ 9,30 ao Eldorado, onde pego o metrô, que custa mais R$ 1,80. Para voltar, a mesma coisa. Até existe um ônibus que sai do Satélite, cuja tarifa é R$ 3,25, mas, não é possível conciliar os horários”, frisou. 

 

Quinta-feira, 22, é o Dia Mundial da Água e, para marcar a data, a Secretaria de Meio Ambiente de Mateus Leme elaborou uma programação especial, que terá início na terça-feira, 20, com ações de conscientização sobre a importância da preservação e do uso sustentável dos recursos hídricos. Para a abertura, está marcada uma visita ao Sistema Serra Azul, reservatório da Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa -, por representantes do Executivo, Legislativo, entre outros interessados no tema, que será abordado em palestra no local, a partir das 08h. 

Na quarta-feira, 21, os alunos, professores e demais servidores da Escola Municipal Ailza Maria de Jesus receberão a equipe envolvida, que fará explanação e prestará orientações, das 09h30 às 11h. Para o encerramento, na quinta-feira, 22, foi reservada a apresentação do projeto de recuperação de nascentes “Águas de Serra Azul”, aos moradores da região, a partir das 09h. 

 

A partir da próxima segunda-feira, 19, cerca de 1.200 moradores de Sítio Novo e bairros adjacentes passarão a contar com melhores serviços na Atenção Primária. A inauguração da Unidade Básica de Saúde José Francisco das Graças está marcada para sábado, 17, às 09 horas. O posto teve a construção retomada em 2017, pela atual administração. 

“É uma satisfação muito grande garantir mais conforto às famílias que antes estavam recebendo assistência em um prédio provisório, sem muita comodidade”, comenta o prefeito Júlio Fares. “Agora, essas pessoas terão acolhimento humanizado, que entendemos ser essencial na rede pública, poderá ser disponibilizada em um ambiente mais agradável a todos”, completa. 

A nova UBS oferecerá consultas, exames Pré-Natal e preventivo, puericultura, coleta de sangue e nebulização. Além disso, serão disponibilizadas vacinas e atendimento às mães e crianças, desde a gestação, curativos, medicamentos e preservativos. A equipe é composta por médico, enfermeiro e técnico em Enfermagem. O endereço é rua José Gaudêncio de Souza, 240. 

 

Com o objetivo de manter viva a história de Juatuba, repassando para as novas gerações os costumes e hábitos característicos da população local, foi iniciado o projeto “Ícones Juatubenses: a Cultura do Saber e do Fazer”. De acordo com o idealizador, Júlio Cezar Gomes, secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, as ações começam com o resgate de figuras importantes, que ajudaram de alguma forma a construir o município e coleta das informações junto a essas personalidades. 

A partir daí, serão produzidos vídeos com duração de dois a três minutos, para veiculação nas redes sociais, além de conteúdo em texto para publicação no JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME, parceiro da “empreitada”. “A ideia é mostrar essas pessoas fazendo algum prato especial ou algo que tenha relação com a cultura da terra. Pode ser uma obra, um carro de boi, algo que não seja muito comum, mas, que apresente um pouco do que é a cidade. Ao mesmo tempo, o convidado contará fatos históricos ou casos engraçados do cotidiano”, explica Júlio Cezar. 

Segundo o gestor, a iniciativa é de grande importância para o resgate e fortalecimento da identidade cultural do município. “Esses relatos, memórias ficarão registrados e guardados, para que as futuras gerações tenham acesso. Isso é muito significativo”, comenta.  Quem conhece alguém que faça parte da história de Juatuba ou tenha contribuído com o crescimento e desenvolvimento da cidade de alguma forma, pode entrar em contato com o secretário pelo endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Termina em 09 de maio o prazo para tirar o título, transferir o domicílio eleitoral, solicitar transferência para uma seção de fácil acesso e regularizar a situação. Essa é a data-limite também para as pessoas que quiserem fazer o recadastramento biométrico para votar de modo ainda mais seguro – apesar de o procedimento ainda não ser obrigatório na maioria das cidades mineiras. 

Eleitores que ficaram três vezes sem comparecer às urnas, sem justificativa, também devem se apressar. Os serviços são prestados somente na zona em que a pessoa está cadastrada. Ou seja, quem vota em Juatuba ou Mateus Leme, não pode ser atendido em Betim ou Belo Horizonte. 

Os brasileiros que já têm 16 anos, ou que irão completar até a data do primeiro turno (07 de outubro), podem tirar o documento. Aqueles que já chegaram à maioridade devem procurar um Cartório Eleitoral e solicitar o título. Para o requerimento, é necessário apresentar documento de identidade, comprovante de endereço recente e quitação do serviço militar (para os homens, com idade acima de 18).  

 

Na sexta-feira, 09, um dia depois da manifestação feita pelos educadores da rede municipal de ensino, para cobrar a adequação do piso salarial, conforme previsto na legislação, a Prefeitura de Mateus Leme anunciou providências nesse sentido. De acordo com ofício encaminhado aos representantes da categoria pelo Gabinete do prefeito Júlio Fares, será enviado à Câmara projeto de lei com a proposta de elevação dos vencimentos dos professores de R$ 1.335,06 para R$ 1.534,59, valor proporcional ao paago em nível nacional e referente à jornada cumprida na cidade, de 25 horas semanais. Os demais profissionais do magistério, lotados na educação básica, terão reajuste de aproximadamente 14,94%.

De acordo com o comunicado, o aumento foi possível depois de diversas reuniões e estudos. O governo nega que a medida tenha sido adotada devido ao movimento, com paralisação parcial das atividades pelos educadores, ao longo de quinta-feira, 08, em frente à Prefeitura. “A administração se posicionou oficialmente, ao longo das últimas semanas, adiantando que divulgaria detalhes sobre a recomposição nesta data. Ainda sobre as manifestações, informo que tenho o maior respeito, porém, lamento a realização na véspera do acordado para a divulgação do índice”, frisou o chefe do Executivo

 

O vice-presidente do Legislativo de Juatuba, Elton dos Reis, apresentou, durante a reunião ordinária desta segunda-feira, 12, solicitação para que o Executivo envie à Casa projeto de lei pela anistia de multas, juros e correções monetárias aos contribuintes inadimplentes com o Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU. O parlamentar defendeu proposta sob a alegação de que a medida, caso implementada pela prefeita Valéria Aparecida dos Santos, dará aos devedores oportunidade de quitação das dívidas, além de garantir ao Município uma boa arrecadação. 

De acordo com Elton dos Reis, há atualmente cerca de dois mil processos de execução fiscal em trâmite no Fórum da Comarca. Para ele, outra vantagem da concessão do benefício é a possibilidade de desafogar o poder Judiciário e a Procuradoria da Prefeitura. “A ideia é chamar a atenção da administração para uma campanha de regularização do IPTU, facilitando o pagamento dos débitos em atraso. Vamos discutir isso com a prefeita”, comentou o vereador. 

O presidente da mesa diretora, vereador Kelissander Saliba Santos, o Ted, parabenizou a iniciativa e sugeriu que sejam acrescentados outros tributos. “O requerimento poderia incluir taxas de alvará e ISS [Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza]. Sabemos que há várias obrigações que precisam ser quitadas pelos contribuintes e que, se eles não conseguem cumprir em dia, acabam em dificuldades por causa das multas e juros”, opinou. 

 

O Ministério da Educação – MEC - publicou no Diário Oficial da União – DOU - a Portaria 209/2018, que dispõe sobre as regras e os procedimentos referentes à concessão de empréstimos a estudantes no âmbito do Fundo de Financiamento Estudantil – Fies - a partir do primeiro semestre de 2018. O texto disciplina as modalidades, que podem  atender estudantes com renda bruta familiar per capita de três a cinco salários mínimos. 

O crédito é destinado à concessão de financiamento a universitários matriculados em cursos não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC, como o Exame Nacional do Ensino Médio - Enem. No entanto, a portaria prevê que, havendo disponibilidade de recursos e a critério do governo federal, o financiamento em qualquer uma das duas modalidades poderá ser oferecido também a alunos da educação profissional técnica de nível médio, além de mestrado, mestrado profissional e doutorado, recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes.

 

Foi lançado em Mateus Leme, numa parceria entre a Prefeitura, por meio das secretarias de Educação e de Esportes, com a Fundação ArcelorMittal, o projeto “Xadrez -  Mente Brilhante”. A iniciativa visa ampliar o acesso dos alunos da rede pública municipal às técnicas do jogo, incentivando o desenvolvimento das inteligências espacial e lógica, com foco, principalmente, no estímulo ao aprendizado da matemática. 

O programa será executado nas escolas Judith de Abreu Oliveira e Maria Guaraciaba Passos. A previsão de conclusão das aulas é 18 de dezembro. De acordo com o secretário, Márcio Santiago, a proposta é, até o término do curso, promover torneios para que as crianças possam exercitar a desenvoltura e a disciplina, durante as competições. 

 

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE