Segunda, 23 Abril 2018

A Prefeitura de Mateus Leme iniciou nesta semana a revitalização da Praça Álvaro Lima, popularmente conhecida como “Pracinha da Criança”, na região central da cidade. Localizada entre a avenida Getúlio Vargas e a rua Dalila Alves da Cunha, a área de 1.385 metros quadrados há muito não passava por manutenção. E, de acordo com o governo municipal, o espaço, incluído no programa “Cidade Acolhedora”, será totalmente reformulado. 

Entre as melhorias previstas estão a manutenção e a pintura do parquinho, da pista de caminhada e da academia ao ar livre, dos canteiros e da área de convivência. O projeto contempla também a reforma dos banheiros, com troca das cerâmicas e das portas e janelas; além do gradeamento e da instalação de bebedouro.

 

Nas primeiras horas desta quarta-feira, 28, a Polícia Militar de Mateus Leme deu início a uma grande operação, envolvendo o Batalhão de Policiamento Especializado da Segunda Região – 2º BPE -, o Tático Móvel da 7ª Companhia, além do efetivo do 4ª Pelotão. A medida teve como objetivo o cumprimento de mandatos de busca e apreensão, no combate ao tráfico de drogas, porte ilegal de armas e homicídios na região. De acordo com informações divulgadas pela corporação, os alvos, que são elementos conhecidos no meio criminoso, atormentavam moradores de toda a cidade nos últimos tempos e vinham sendo monitorados.  

O trabalho terminou com resultado positivo. Ao encerrar o registro das ocorrências, a PM contabilizou a apreensão de 115 buchas de maconha, além de seis tabletes da mesma substância prensada e um “pé”, plantado em caixa de leite; 109 porções de crack e uma pedra bruta do tóxico; dinheiro; um colete à prova de balas e plásticos, e vasto material para embalagem das drogas.  Três pessoas foram presas durante a ação. 

 

A mesa diretora da Câmara de Mateus Leme fez mudanças nas comissões permanentes da Casa para o exercício de 2018. Esses grupos são divididos por eixos temáticos e atuam como órgãos consultivos para emissão de pareceres sobre projetos de lei, elaboração de estudos e outras questões referentes ao interesse coletivo. Os vereadores designados para compor cada um deles são responsáveis por realizar audiências públicas, visitas técnicas e consultas ao Executivo para acompanhamento das políticas públicas municipais. 

Neste ano, a Comissão de Justiça e Redação é composta agora por João Victor Braz de Souza (João da Onça), José Edson dos Santos (Edinho do Som), e Luzimar Antônio de Castro (Mazinho do Povo).  Para Finanças e Orçamento, foram nomeados José Ronaldo da Silva Lopes (Zé Ronaldo), Cristiano Leonardo de Oliveira (Cristiano Fisioterapeuta) e o Mazinho do Povo.

Da Comissão de Obras Serviços Públicos e Desenvolvimento Social participam Ricardo Gomes Moreira (Ricardo da Energia), Zé Ronaldo e Lúcio Madureira. Já na condução dos trabalhos das áreas de Educação, Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos ficaram Madureira, Ricardo da Energia e Mazinho do Povo.

Cristiano Fisioterapeuta integra a Comissão de Preservação do Patrimônio Histórico Artístico Cultural Científico e Meio Ambiente, ao lado de Edinho do Som e Arilton Gaudêncio Santiago (Pretinho do Hospital). 

 

A mesa diretora da Câmara de Mateus Leme fez mudanças nas comissões permanentes da Casa para o exercício de 2018. Esses grupos são divididos por eixos temáticos e atuam como órgãos consultivos para emissão de pareceres sobre projetos de lei, elaboração de estudos e outras questões referentes ao interesse coletivo. Os vereadores designados para compor cada um deles são responsáveis por realizar audiências públicas, visitas técnicas e consultas ao Executivo para acompanhamento das políticas públicas municipais. 

Neste ano, a Comissão de Justiça e Redação é composta agora por João Victor Braz de Souza (João da Onça), José Edson dos Santos (Edinho do Som), e Luzimar Antônio de Castro (Mazinho do Povo).  Para Finanças e Orçamento, foram nomeados José Ronaldo da Silva Lopes (Zé Ronaldo), Cristiano Leonardo de Oliveira (Cristiano Fisioterapeuta) e o Mazinho do Povo.

Da Comissão de Obras Serviços Públicos e Desenvolvimento Social participam Ricardo Gomes Moreira (Ricardo da Energia), Zé Ronaldo e Lúcio Madureira. Já na condução dos trabalhos das áreas de Educação, Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos ficaram Madureira, Ricardo da Energia e Mazinho do Povo.

Cristiano Fisioterapeuta integra a Comissão de Preservação do Patrimônio Histórico Artístico Cultural Científico e Meio Ambiente, ao lado de Edinho do Som e Arilton Gaudêncio Santiago (Pretinho do Hospital). 

 

A mesa diretora da Câmara de Mateus Leme fez mudanças nas comissões permanentes da Casa para o exercício de 2018. Esses grupos são divididos por eixos temáticos e atuam como órgãos consultivos para emissão de pareceres sobre projetos de lei, elaboração de estudos e outras questões referentes ao interesse coletivo. Os vereadores designados para compor cada um deles são responsáveis por realizar audiências públicas, visitas técnicas e consultas ao Executivo para acompanhamento das políticas públicas municipais. 

Neste ano, a Comissão de Justiça e Redação é composta agora por João Victor Braz de Souza (João da Onça), José Edson dos Santos (Edinho do Som), e Luzimar Antônio de Castro (Mazinho do Povo).  Para Finanças e Orçamento, foram nomeados José Ronaldo da Silva Lopes (Zé Ronaldo), Cristiano Leonardo de Oliveira (Cristiano Fisioterapeuta) e o Mazinho do Povo.

Da Comissão de Obras Serviços Públicos e Desenvolvimento Social participam Ricardo Gomes Moreira (Ricardo da Energia), Zé Ronaldo e Lúcio Madureira. Já na condução dos trabalhos das áreas de Educação, Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos ficaram Madureira, Ricardo da Energia e Mazinho do Povo.

Cristiano Fisioterapeuta integra a Comissão de Preservação do Patrimônio Histórico Artístico Cultural Científico e Meio Ambiente, ao lado de Edinho do Som e Arilton Gaudêncio Santiago (Pretinho do Hospital). 

 

Foi inaugurada na terça-feira, 27, em Juatuba, a Sala Mineira do Empreendedor. A criação do espaço, em parceria da Prefeitura com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae – tem como objetivo centralizar o atendimento e o contato com os empresários da cidade, contribuindo para o fomento da economia, a partir do estímulo aos negócios locais. 

A instalação da unidade faz parte do Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico, em consonância com a proposta de potencializar o empreendedorismo, oferecendo suporte para iniciativas empresariais de todos os portes, além de ajudar na capacitação das pessoas que estão à procura de oportunidade no mercado de trabalho. 

Um dos principais responsáveis pela implantação da Sala Mineira do Empreendedor, o secretário de Planejamento e Coordenação, Júlio Cezar Gomes, ressalta que a ideia visa a consolidação de um centro de treinamento, onde haverá cursos, visando preparar o empresariado e os trabalhadores em busca de qualificação profissional. De acordo com a coordenadora, Valkíria Diniz, a partir de agora, haverá melhores condições e praticidade para o registro, desenvolvimento e ampliação das atividades, principalmente no caso do Microempreendedor Individual – MEI. 

Durante a solenidade de entrega do espaço, os empresários mais antigos do município foram agraciados com certificados de honra ao mérito, em reconhecimento à participação e contribuição com a comunidade. Entre os 30 homenageados, o senhor Dezco Francsali, de mais de 90 anos de idade, fundador da primeira empresa instalada em Juatuba. 

Ao longo desta semana, a unidade já ofereceu cursos e palestras sobre empreendedorismo e negócios, atendimentos individuais e consultorias. A Sala Mineira do Empreendedor de Juatuba fica na rua Antônio Suga Say, 114, Centro. 

 

Após muitas cobranças de representantes de entidades empresariais da região, inclusive com a realização de audiência na Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais – Codemig – em Belo Horizonte, a concessionária da MG-050 anunciou as obras de duplicação no trecho que corta Divinópolis. De acordo com a assessoria da empresa,  serviços como a drenagem, para a execução do projeto entre os Km 123,56 e 124,92 foram iniciados. Está prevista a implantação de 1,6 km de vias marginais, além da construção de passagem inferior de pedestres e veículos para interligação da rodovia com a avenida Ibirité, no Km 124,5. 

O prazo estabelecido para a execução do projeto, que depende ainda de licença ambiental definitiva, é de 450 dias. O grupo responsável pela manutenção e exploração da estrada alega que solicitou à Superintendência Regional de Meio Ambiente – Supram – um licenciamento provisório, para a instalação do canteiro de obras e começo das intervenções preliminares. 

 

No dia 23 de fevereiro, funcionários do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais – Ipsemg - entraram em greve, reivindicando melhores salários e condições de trabalho. A cobrança é feita desde o ano passado. A paralisação afetou todos os setores do Hospital Governador Israel Pinheiro, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, e as unidades do interior do estado.

Nesta quarta-feira, 28, representantes do Ipsemg e do Sindicato dos Servidores do Ipsemg – Sisipsemg - se reuniram e entraram em consenso, com acordo para colocar fim à paralisação. Além de uma ajuda de custo no valor de R$ 53 por dia trabalhado, houve a extensão do benefício para os profissionais que exercem menos de 30 horas semanais. De acordo com o governo, o benefício é a única alternativa existente para atender aos trabalhadores, sem ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF. A compensação pelo período em que ficaram paralisados será negociada com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão e a direção do Instituto de Previdência. 

 

Servidores dos setores administrativos e técnicos do sistema penitenciário deflagraram uma greve nesta segunda-feira, 26. A mobilização é feita pelos gestores, psicólogos, médicos, pedagogos, advogados e enfermeiros, profissionais que cuidam da ressocialização dos detentos. Agentes penitenciários não participam da paralisação. 

Em contato com o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais – SindPúblicos/MG, a reportagem confirmou a participação da unidade prisional de Juatuba no movimento, com adesão de 90% dos funcionários que fazem parte da categoria. A Assessoria de Comunicação da Secretaria de Administração Prisional de Minas Gerais – Seap/MG - disse que a greve é tratada como uma manifestação geral. De acordo com o órgão, o funcionamento das penitenciárias não está comprometido. 

“A paralisação dos servidores administrativos das unidades prisionais impacta somente nos atendimentos de rotina aos presos. A assistência aos casos de urgência e emergência é garantida, conforme determina a lei. A rotina de segurança permanece inalterada, a Seap continua atenta à situação e preparada para a pronta resposta, caso seja necessário. Por razões de segurança, a pasta não informa o número de funcionários e presídios que aderiram”, informou o departamento. 

Segundo o SindPúblicos, em Minas Gerais existem cerca de seis mil servidores efetivos nestes cargos.  

 

Reivindicações

 

Os grevistas cobram o cumprimento de um acordo, firmado com o governo em 2015, mas que nunca foi posto em prática. Segundo as informações do SindPúblicos, o objetivo é conseguir a equiparação salarial dos servidores do sistema prisional com os demais funcionários da área de segurança pública, como as polícias Civil e Militar. 

A Assessoria de Relações Sindicais da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão – Seplag - se reuniu com os representantes dos funcionários dos setores administrativos do sistema prisional na segunda-feira, 26. A Seplag informou que a ajuda de custo pleiteada pela categoria não será concedida, devido “à situação econômica e financeira em que o Estado se encontra”, o que impede a concessão do benefício no momento.

“O governo de Minas Gerais continuará avaliando as possibilidades para atender às solicitações o mais breve possível e propôs que as negociações sejam retomadas a partir do mês de abril, para quando existe uma perspectiva de melhoria financeira”, informou a Secretaria de Planejamento e Gestão.

 

Atletas de 24 equipes disputam, a partir deste sábado, 03, o Campeonato Classista de Futebol. Times de Juatuba e Mateus Leme estão entre os classificados para o torneio e na “briga” pelo título contra os representantes de cidades como Sarzedo, Passa Tempo, Rio Manso, Itaguara, Lagoa Santa, Contagem, Nova Serrana, Martinho Campos, Florestal e Lagoa da Prata. A competição regional, considerada uma das mais importantes de Minas Gerais, tem à frente a Liga de Desportos de Betim – LDB. 

O jogo de abertura será às 15h, entre Ideal e Conquistano, de Itaguara, no Estádio Emílio Vasconcelos, em Sete Lagoas. No mesmo dia, tem Leopoldinense x Fita Azul, em Vianópolis, às 18h. As demais partidas estão marcadas para domingo, 04. Pela chave A, às 15h, Clube Atlético Pompeano (CAP) x Ceará, de Nova Serrana, em Pompéu; e União x Avaí em Martinho Campos. Na B, se enfrentam, às 15h, São Francisco x Cristalino, em Pará de Minas; e Lagoa x Imperial, em Lagoa da Prata.

Já na C, também às 15h, jogam Itaminense x Roma, em Sarzedo. Pela D, às 15h, União x A.E.Roma, em Rio Manso; e Fluminense x Vera Cruz, em Mateus Leme. Na chave E, às 15 h, Fluminense x Olimpic, em Florestal; e Santa Isabel x Itaguense, em Citrolândia, em Betim. Por fim, pela F, às 15h, Lagoa Santa enfrenta o Dom Bosco, em Lagoa Santa.

O Classista 2018 segue até 22 de abril. O maior ganhador da história do campeonato é o CAP, de Pompéu, que contabiliza seis títulos. Em seguida, o Ideal, de Sete Lagoas, que venceu três vezes. Brumadinho e Brahma possuem dois títulos cada. Já as equipes que correm atrás do bicampeonato são o Fluminense, de Florestal, e São Francisco, de Pará de Minas. 

 

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE